Viver é reinventar-se

terça-feira, 19 de maio de 2009

Que venha o novo

Não quero adivinhar o mundo.
Antes, e mais que tudo, quero sair a fazer novas trilhas, criar novos caminhos, deixar que a vida se revele diante de mim.
Que perante meus olhos cada amanhecer seja não apenas uma promessa de dias melhores, mas a confiança plena de que cada aurora traz em si uma nova oportunidade.
Sem regras. Sem modelos. Sem pré-conceitos.
Uma nova filosofia de vida. Viver um dia de cada vez. Simples como deve ser.
Nada de antever situações, possibilidades. Tudo a seu tempo, tudo da forma que tiver de ser.
Nada de querer o certo, o exato. Nada de querer garantias. Garantias não são reais. São a ilusão de que as coisas estão sob nosso controle. Quase nada está.
Quero que a vida simplesmente siga seu curso e leve consigo o que tiver de levar, como um rio a arrastar em sua correnteza, folhas, galhos e outras coisas mais.
Quero que a vida me surpreenda, com todo o encanto de que for capaz e com toda alegria que eu merecer.
Quero que ela me brinde em versos com as canções que ainda hei de ouvir.
Quero que a vida, em todo o seu mistério e em toda a sua plenitude, assuma em suas inusitadas faces as mais belas que eu nem tento vislumbrar.
Porque mais que tudo, desejo o presente.
Desejo ser e estar, aqui e agora, onde quer que eu vá.
Desejo o encantamento das horas que passam, o dia-a-dia a luzir por entre meus olhos.
Desejo ser quem sou e estar onde estou – em tudo!
Porque tudo sempre é como é, e as coisas sempre estão onde devem estar.
Que o passar das horas e dos dias não me traga ansiedade ou euforia, apenas a certeza de que cada momento existe simplesmente para ser o que é.
E que eu viva o hoje, o agora, o momento que se apresenta. Apenas esse me cabe.
Nada de expectativas, nem planos.
Tão imprecisa é a vida. Tão imprevisíveis as horas.
Nesse mar desconhecido, mergulho e me encontro.
O amanhã não me pertence.
Nada sei sobre o que há de vir.
Ainda assim todos os dias serão meus.
Porque tenho um mundo novo diante de mim.

Marcadores: ,

5 Comentários:

  • Nossa...eu fiquei lendo...com calma...tentando ter a mesma calma que eu imagindo que voce tem quando esta escrevendo...tentei lembrar quanto tempo faz que nos "conhecemos" e nao consegui lembrar...rsrsrsr deve fazer muito tempo, mas lembro que um dia, percebi que voce estava direcionando tudo o que sentia pra algum lugar...resolveu escrever mais e mais...transformou limao em uma limonada doce...rsrsrr tao bom de ler...adoro o que voce escreve(embora seja suspeitissimo pra falar..rsrsr) e queria ser o unico a poder postar aqui...rsrsrs sim...sou ciumento virtual...rsrsr a vida faz tantas coisas com gente...nos tira tanto...e as vezes nos da tanto em troca...vejo o que voce escreve assim...como algo bom que voce tem...e que felizmente divide conosco...
    escreva sempre, escreve mais...me faz bem ler...me deixa um pouco mais proximo do meu sonho...
    beijos
    Alexandre

    Por Blogger , Às 26 de maio de 2009 04:55  

  • Parabéns querida por mais uma obra-prima !
    Seu texto permanece impecável,de tanta leveza,naturalidade e beleza que é com o se o teclado lêsse seus pensamentos.
    Ah um livro !
    Bjs.
    Titio

    Por Blogger JESUS, Às 26 de maio de 2009 05:03  

  • Ta lindo o texto! adoro qdo os recebo..obrigada por partilhar !
    bjao em vc

    Por Blogger Amanda, Às 26 de maio de 2009 05:43  

  • Nos dias de hoje, o hoje é tão rápido, e nos exige tanto. Encontra paz no meio de todo esse turbilhão de emoções, sem dúvida, é um dos nossos deveres, aquarianos, para poder colocar odem nas coisas, e ordem em nós mesmos. Não contar com o amanhã, nem sempre significa não esperar por ele, mas simplesmente estar pronto para quando ele chegar. Mantenha sua jornada rumo a nossa maior missão: nos cobrar menos e viver. Saudações aquarianas, rsrsrs, parabéns pelo texto.

    Por Blogger glaucoviktor, Às 27 de maio de 2009 05:10  

  • Primorosas suas palavras!
    Precisas mas reflexivas!
    É a primeira vez que entro no seu blog, e fiquei encantada!
    parabéns!
    Bjs

    Por Blogger Bruna, Às 17 de dezembro de 2009 17:48  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<< Página inicial